sábado, 13 de março de 2010

Sexo X gênero

Entre todas as diferenças que estão presentes nos alunos, algumas adquirem maior visibilidade e outras menos. Estamos acostumados a considerar as diferenças de classe social, etnia, aparência física, e muitas vezes não relevamos uma das diferenças marcantes para o ser humano: o ser homem ou ser mulher. Hoje em dia, diz-se "diferença de gênero" e não "diferença de sexo" como algum tempo atrás. Por que essa mudança na denominação dessas diferenças?
:: Surgimento do conceito de gênero

Betty Friedan, uma precursora

Conceito de gênero
O termo gênero começou a ser utilizado por teóricas(os) e estudiosas(os) de mulheres e do feminismo, no final da década de 70. Naquele momento, o movimento feminista ressurgia com força em todo o mundo, provavelmente por influência da onda revolucionária que percorrera a Europa, a China, a América Latina e EUA, no final da década de 60, com os grandes movimentos estudantis e a contestação dos papéis e comportamentos sexuais. Betty Friedan, uma das primeiras lideranças internacionais do movimento, defende o papel do trabalho criador para que a mulher, assim como o homem, possa encontrar-se e reconhecer-se como ser humano. A antropóloga americana Margareth Mead destaca o peso da cultura na determinação dos papéis sexuais e das condutas e comportamentos de homens e mulheres.
Termine de ler este artigo no link..http://www.educarede.org.br/educa/index.cfm?pg=oassuntoe.interna&id_tema=8&id_subtema=7#maquina1